Conselho de Segurança chega em acordo sobre resolução contra Coréia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU chegou a um consenso em relação ao texto da resolução que prevê a imposição de sanções sobre a Coréia do Norte devido ao teste nuclear realizado nesta segunda-feira. A votação para a aprovação do documento irá ocorrer neste sábado. Os EUA vinham pressionando o Conselho para emitir a resolução até o final desta semana. No entanto, a China, a Coréia do Sul e a Rússia estavam se opondo à sanções muito fortes. A China e a Rússia são os países com maior proximidade política do pequeno país comunista, e a Coréia do Sul vinha seguindo uma política de não-enfrentamento do Norte.Para conseguir a aprovação do documento, ainda mais no tempo desejado, os EUA tiveram que fazer diversas concessões no conteúdo da propostas de resolução. Os Estados Unidos retiraram de sua proposta de resolução da ONU para punir a Coréia do Norte uma cláusula que permite uma ação militar.O embaixador do Japão Kenzo Oshima, atual presidente do Conselho, e o embaixador dos EUA Joohn Bolton, que introduziu a proposta de resolução, anunciaram a votação após breve reunião do Conselho para discutir a última versão da proposta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.