Conselho de Segurança da ONU condena ataque sírio contra Turquia

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) condenou fortemente nesta quinta-feira o ataque de morteiro da Síria contra uma cidade da Turquia que matou cinco civis turcos e ordenou que "tais violações à lei internacional parem imediatamente e que não se repitam."

Reuters

04 de outubro de 2012 | 19h42

"Os membros do Conselho de Segurança ressaltaram que este incidente destacou o grave impacto que a crise na Síria tem sobre a segurança de seus vizinhos e na paz e estabilidade regional", afirmou o Conselho em comunicado.

O Conselho de 15 membros "pediu ao governo sírio que respeite plenamente a soberania e a integridade territorial de seus vizinhos."

O ataque com morteiro aconteceu na quarta-feira e a Turquia revidou, atacando alvos sírios mais tarde no mesmo dia e nesta quinta-feira.

Mais cedo, diplomatas envolvidos nas negociações disseram que o acordo conseguido foi um texto que era um compromisso entre um rascunho apoiado por potências ocidentais e uma versão da Rússia circulada no Conselho nesta quinta-feira.

(Reportagem de Louis Charbonneau e Michelle Nichols)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCONSELHOCONDENA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.