Conselho de Segurança da ONU condena ataques em embaixada no Irã

O Conselho de Segurança da ONU condenou nesta terça-feira o ataque contra dois edifícios diplomáticos da Grã-Bretanha em Teerã e exigiu que as autoridades iranianas protegessem os diplomatas, afirmou o presidente do Conselho.

REUTERS

29 de novembro de 2011 | 17h13

"Os integrantes do Conselho de Segurança condenaram nos termos mais fortes os ataques contra a embaixada da Grã-Bretanha em Teerã, no Irã, que resultaram em invasões nas instalações diplomática e consular, causando sérios danos", afirmou o embaixador de Portugal na Organização das Nações Unidas, José Filipe Moraes Cabral.

O comunicado, sem força de cumprimento obrigatório, foi aprovado por unanimidade por todos os 15 integrantes do Conselho, incluindo Rússia e China.

Cabral é o presidente do Conselho neste mês.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCONDENAATAQUES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.