Conselho de Segurança da ONU dá aval a novo governo afegão

Por unanimidade, o Conselho de Segurança da ONU endossou o acordo para a formação de um governo provisório para o Afeganistão pós-Taleban. O acordo foi alcançado ontem, depois de nove dias de conversações na Alemanha, e envolve quatro facções afegãs. Um governo interino integrado por 30 pessoas deverá assumir o controle formal do Afeganistão em 22 de dezembro; depois disso, o ex-rei afegão, Mohammed Zahir Shah, deposto em 1973, convocará uma "loya jirga" (tradicional assembléia tribal da etnia pashtu), que ratificará um governo provisório com um mandato de dois anos e meio.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.