Conselho de Segurança da ONU discute o Haiti

O Conselho de Segurança da ONU se reuniu na tarde deste domingo a fim de estudar o envio de uma força militar internacional ao Haiti. Os Estados Unidos estão entre os que propõem o envio de militares com a autorização da ONU, embora o presidente George W. Bush já tenha prometido enviar fuzileiros navais ao país caribenho.Antes da reunião do Conselho, representantes dos países do chamado Grupo de Amigos do Haiti tiveram um encontro informal. Fazem parte do grupo os EUA, França, Canadá, Chile, os 15 países da comunidade caribenha e o Brasil. O grupo discutiu um rascunho de resolução sobre o envio de tropas. O embaixador dos Estados Unidos, John Negroponte, defende o envio de uma força multinacional imediatamente, com a tarefa de permanecer no Haiti por meses e conter o caos instalado no país com a renúncia de Jean-Bertrand Aristide. Depois, segundo ele, os militares seriam substituídos por civis em missão de paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.