Conselho de Segurança está perto de um consenso sobre Iraque

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Igor Ivanov, disse que as posições dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas aproximam-se de um consenso. A Rússia, França e China se opõem à proposta dos EUA para que o Iraque livre-se das armas de destruição em massa ou enfrentem as conseqüências. O grupo quer assegurar que seja dada chance ao Iraque de cooperar com os inspetores das Nações Unidas antes de autoridade para o uso da força. Ivanov disse que a Rússia continua a insistir para que a resolução não dê direito de uso da força a qualquer país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.