Conselho de Segurança estuda resposta contra Coreia do Norte

Revelação de nova usina nuclear e ataque contra ilha sul-coreana elevaram preocupações do órgao

Associated Press

30 de novembro de 2010 | 08h04

NOVA YORK - A embaixadora dos EUA na Organização das Nações Unidas (ONU), Susan Rice, disse que o Conselho de Segurança da entidade estuda formas de responder à revelação da Coreia do norte sobre uma nova usina de enriquecimento de urânio e sobre os disparos do país contra uma ilha sul-coreana.

 

Veja também:

linkCoreia do Norte confirma existência de nova usina

 

As declarações de Susan foram feitas na segunda-feira, 29, após uma reunião entre os 15 representantes dos membros do órgão para discutir medidas contra Pyongyang.

 

A diplomata afirmou que o Conselho expressou preocupação a respeito das atividades nucleares da Coreia do Norte, o que aumentou devido aos ataques de Pyongyang contra a ilha sul-coreana de Yeonpyeong. Dois civis e dois militares morreram no incidente.

 

Além disso, a Coreia do Norte confirmou a existência de uma nova usina usada para enriquecer urânio. Embora saiba-se que os norte-coreanos tenham armas nucleares, as autoridades de Pyongyang afirmam que o novo complexo tem o objetivo de produzir energia elétrica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.