Conselho iraquiano diz que Saddam poderá ser executado

O ditador deposto Saddam Hussein poderá ir a julgamento nas ?próximas semanas? e ser morto se condenado, disse um membro do Conselho de Governo do Iraque. Outros conselheiros afirmaram que o julgamento, que deverá ser televisionado, deverá começar mais tarde, talvez em meados de 2004.O julgamento ocorrerá ?muito em breve, nas próximas poucas semanas?, informou Mouwafak al-Rabii, um membros xiita do Conselho. Eles e outros conselheiros disseram ter certeza de que os Estados Unidos entregarão Saddam ao novo tribunal especial iraquiano para crimes contra a humanidade.Al-Rabii disse que Saddam será o primeiro réu da corte, mas Dara Noor al-Din, um juiz que também compõe o Conselho, disse que a ordem dos julgamentos dependerá do ritmo do acúmulo de evidências. Noor al-Din sugeriu um prazo de seis meses para levar Saddam ao tribunal.?Teremos a soberania em 30 de junho, e eu lhe digo, ele poderá ser executado em 1º de julho?, disse al-Rabii, um ativista dos direitos humanos. Ele disse que Saddam terá um julgamento honesto, ?com direito aos melhores advogados do mundo, se quiser?. Os membros do Conselho esperam que o julgamento seja transmitido pela televisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.