Conselho iraquiano se opõe à entrada de tropas turcas

O Conselho de Governo iraquiano informou ao administrador americano do Iraque que se opõe à presença de soldados de paz da Turquia no país, mas concordou em continuar discutindo a questão, disse o porta-voz do conselho. O administrador Paul Bremer lembrou ao Conselho, que serve como uma administração interina do Iraque e cujos membros foram escolhidos pelos EUA, que a decisão final sobre o assunto cabe às forças de ocupação, e não aos iraquianos.O Parlamento turco aprovou na terça-feira um pedido do governo para enviar tropas para o Iraque a fim de ajudar a coalizão liderada pelos EUA, uma decisão que foi aplaudida por Washington. Mas a iniciativa tende a aumentar a tensão entre os EUA e seus parceiros iraquianos, devido ao controvertido papel da Turquia na história iraquiana.O presidente do Conselho, Iyad Allawi, disse que a presença de tropas da Turquia no Iraque envolveria "importantes suscetibilidades". Segundo ele, o conselho não vai assumir uma postura de confronto com as autoridades de ocupação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.