Conservadores consolidam controle do Parlamento no Irã

Os conservadores islâmicos consolidaram o controle do Parlamento iraniano ao conquistarem mais da metade das 57 cadeiras cujos ocupantes não foram decididos nas eleições de fevereiro, revelaram resultados divulgados neste sábado. Os resultados da votação em cerca de 40 cidades não alterará o equilíbrio político do Parlamento de 290 cadeiras, onde os conservadores garantiram pelo menos 160 assentos nas eleições de fevereiro. Muitos denunciam que as eleições gerais foram manipuladas para favorecer os conservadores, pois mais de 2.400 candidatos liberais foram proibidos de participar, gerando um boicote da maioria parte das agremiações reformistas do Irã. De acordo com a rádio estatal, os candidatos conservadores conquistaram 37 das 57 cadeiras em jogo nas eleições de ontem. Os reformistas ganharam oito e os independentes asseguraram 12.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.