Conservadores voltam ao poder no Canadá

O primeiro-ministro do Canadá, Paul Martin, reconheceu nesta terça-feira sua derrota nas eleições gerais antecipadas realizadas na segunda-feira. Martin disse que já telefonou para o líderdo Partido Conservador, Stephen Harper, para felicitá-lo. Com a vitória, o Partido Conservador volta ao poder após mais de 12 anos na oposição. Pouco depois da meia-noite em Ottawa (3 horas em Brasília), Martin reconheceu a derrota quando os resultados preliminares davam 125 cadeiras ao Partido Conservador e 102 ao Partido Liberal. Cercado de vários ministros e ao lado de sua esposa, Martin, de 68 anos, anunciou também que renunciará como líder do Partido Liberal. Mas o resultado das urnas obrigará os conservadores a se aliar com o separatista Bloco Quebequense ou com o social-democrata NDP, repetindo assim a situação de instabilidade política que dominou o governo Martin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.