Constituição da Bolívia foi aprovada por 61,4% dos votos

A nova Constituição da Bolívia, submetida a referendo no domingo passado, foi aprovada com 61,49% dos votos, enquanto 38,5% dos eleitores rejeitaram a nova Carta, apurados quase 100% dos sufrágios, informou hoje o Tribunal Nacional Eleitoral do país. Segundo o Tribunal, foram contados 99,6% dos votos, de um total de 22.040 mesas eleitorais. Os votos em branco somaram 1,68% e o nulos, 2,61% do total.Os resultados indicam também que 8,6% dos eleitores aprovaram uma lei que determina que cada pessoa possa ter no máximo terras na extensão de 5.000 hectares, a segunda pergunta do referendo. A outra opção era de um limite de 10.000 hectares. A Constituição entrará em vigor logo após ser publicada no Diário Oficial da Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.