Miguel Gutierrez/EFE
Miguel Gutierrez/EFE

Constituinte venezuelana convoca eleições de prefeitos

Após eleições para governadores terem sido contestadas, Constituinte decidiu programar para dezembro o pleito para escolher os líderes dos municípios

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2017 | 16h14

CARACAS - A Assembleia Constituinte da Venezuela convocou eleições de prefeitos para dezembro deste ano, depois da contundente vitória do chavismo na votação de governadores em 15 de outubro passado, segundo um decreto aprovado nesta quinta-feira, 26.

Países latino-americanos pedem auditoria independente de eleição na Venezuela

"A Constituinte decidiu convocar e programar para o mês de dezembro de 2017 o processo eleitoral para a escolha de prefeitas e prefeitos dos municípios", informou o texto lido na plenária do órgão. 

EUA condenam falta de 'liberdade e imparcialidade' de eleições na Venezuela 

A primeira eleição para governador desde 2012 na Venezuela ocorreu com um ano de atraso, mas foi vista pela oposição como um plebiscito contra o presidente Nicolás Maduro. Durante a votação, atrasos, mudanças de centros eleitorais e propaganda pró-candidatos do governo foram algumas das reclamações. 

+Governadores da oposição prestam juramento à Constituinte na Venezuela

Nas eleições para governadores realizadas em 15 de outubro, o governo conquistou 17 dos 23 estados em disputa. Estados Unidos, França e União Europeia (UE) expressaram sua preocupação com a "ausência" de eleições livres, após os resultados do pleito venezuelano. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.