Cônsul do Chile sofre sequestro relâmpago

O cônsul do Chile na Venezuela, Juan Carlos Fernández, sofreu um sequestro relâmpago na sexta-feira e foi golpeado e ferido de raspão à bala antes de ser libertado, informou ontem a chancelaria chilena. Diariamente, são registrados em média cinco sequestros no país. Na semana passada, o jogador de beisebol Wilson Ramos foi libertado após passar dois dias em poder de sequestradores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.