Consulado ofereceu agasalho e comida a brasileiros

O cônsul-geral do Brasil em Milão, Luiz Henrique Fonseca, afirmou ontem que a representação brasileira na cidade do norte de Itália forneceu agasalhos e alimentos aos brasileiros que precisaram de ajuda após o naufrágio do Costa Concordia. "O pior já passou. Foi um susto muito grande", disse, contando que um grupo com 26 pessoas chegou na noite do sábado ao consulado. Outros dois brasileiros procuraram a representação na manhã de ontem. Sem documentos, a grande maioria recebeu autorizações de retorno ao Brasil, mas dois brasileiros solicitaram novos passaportes, para poder continuar sua viagem pela Europa. No consulado em Roma, sete brasileiros buscaram ajuda - cinco deles aguardavam a companhia marítima marcar seus voos de retorno e dois resolveram seguir viagem. / GUILHERME RUSSO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.