Consulados dos EUA no exterior continuarão funcionando

A ordem da Casa Branca de fechar diversas agências federais despertou preocupação sobre o funcionamento de consulados no exterior, onde a concessão de vistos poderia ser afetada, como ocorreu na última paralisação do governo norte-americano, há 17 anos.

AE, Agência Estado

01 de outubro de 2013 | 09h13

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Jen Psaki, minimizou essa preocupação. Ela afirmou que nenhum serviço consular será fechado durante a paralisação. "As atividades vão continuar, dentro e fora do país", disse ela, acrescentando que vistos e passaportes continuarão a ser emitidos.

Esta é a primeira vez em que o governo federal entra em paralisação desde 1995, quando as agências federais deixaram de funcionar entre 16 de dezembro e 6 de janeiro de 1996.

Em um relatório publicado recentemente sobre aquela paralisação, o Serviço de Pesquisas do Congresso informou que entre 20 mil e 30 mil pedidos de visto de estrangeiros ficaram sem resposta em cada um dos dias da paralisação. Cerca de 200 mil pedidos de passaporte não foram processados e as indústrias turísticas e companhias aéreas registraram milhões de dólares em prejuízo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
euaparalisaçãoconsulados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.