Contêineres de navio acidentado causam medo na Inglaterra

Um navio preso na costa da Inglaterra começou a perder parte de sua mercadoria, por conta dos fortes ventos, e guardas costeiros disseram, neste domingo, estar em alerta porque a embarcação pode se partir em pedaços a qualquer momento.O MSC Napoli ficou preso no mar, próximo a Sidmouth, ao norte da Inglaterra, depois de ser atingido por uma tempestade na quinta-feira. Helicópteros já resgataram 26 membros da tripulação.Funcionários da marinha francesa disseram que dos 2.400 contêineres, com 41.700 toneladas de mercadorias, em 1.700 são considerados perigosos, pois contêm explosivos e material inflamável. Óleo do motor do navio já chega perto da praia, disse uma agência marítima britânica. Cerca de 50 guardas-costeiros estão procurando por mais contêineres perdidos, e grupos antipoluição estão atentos no local. O porta-voz da agência marítima, Paul Coley, afirmou que ainda há dois contêineres de material perigoso, como ácido e perfumes, mas afirma que o risco de contaminação não é grande.O navio tinha 16 anos e estava registrado em Londres. Sua última inspeção foi feita em maio de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.