Contingente de paz africano desembarca na Somália

Uma equipe avançada de mantenedores de paz africanos desembarcou sem aviso prévio na Somália nesta quinta-feira, 1, informou um oficial da polícia local.Adan Biid Ahmed, o comandante da política de Baidoa, no sul da Somália, disse que 30 militares de Uganda, oficiais do Exército em sua maioria, desembarcaram na cidade a bordo de um avião militar na manhã desta quinta. Baidoa é a sede provisória do governo local.O contingente ugandense faz parte de uma força de paz da União Africana (UA) que terá a missão de ajudar o frágil governo de transição da Somália a estabelecer segurança no país depois de batalhas decisivas com um movimento islâmico radical entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano.Os soldados ugandenses não terão a missão de impor a paz nem de desarmar milícias somalis, disse o presidente de Uganda, Yoweri Museveni, aos militares em uma cerimônia de despedida em Jinja, Uganda.O governo ugandense, porém, não confirmou a informação de que os militares já viajaram. Mas o governador de Baidoa, Mohamed Madey Issaq, e oficiais do Exército somali estiveram no aeroporto para receber o contingente, disse Ahmed por telefone.Estima-se que a força de paz da UA na Somália será composta por 8.000 soldados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.