Contra crise, Grécia vai alugar serviços de policiais a particulares

Hora de policial custará 30 euros; medida ajudará país a economizar.

BBC Brasil, BBC

09 de abril de 2012 | 13h33

A Grécia vai alugar os serviços de seus policiais e veículos de suas forças como carros, barcos e helicópteros para aumentar a receita do país, atualmente afundado em uma grave crise econômica.

O aluguel de uma hora dos serviços de um policial custará 30 euros (pouco mais de R$ 70) para particulares ou empresas.

Dependendo da necessidade a taxa por hora cobrada pode subir para até R$ 470. O aluguel de um carro de polícia custará 40 euros.

Um barco patrulha custará 200 euros por hora e os helicópteros, 1.500 euros.

Um porta-voz policial disse que este tipo de serviço era oferecido gratuitamente em circunstâncias excepcionais, como para companhias de cinema, mas seria agora uma forma de o país economizar.

O dinheiro gerado pela medida "pagará pelo uso da polícia, sua infraestrutura e permitirá sua modernização", disse o ministério da Proteção ao Cidadão por meio de um comunicado emitido no domingo.

O documento afirma ainda que qualquer acordo de aluguel será firmado apenas se não afetar a capacidade operacional das forças.

A dívida pública grega chega a 349 bilhões de euros, cerca de 150% de seu PIB. A Grécia passa pela maior recessão em sua história moderna. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
gréciaeuropliciaispolíciaalsocrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.