Contrabando leva armas para rebeldes em Faluja, acusam EUA

Rebeldes sunitas vêm usando comboios de ajuda humanitária e ambulâncias para contrabandear armas e guerrilheiros para dentro de Faluja, acusam militares americanos. Somente nesta segunda-feira, tropas dos EUA descobriram armas antiaéreas debaixo de material humanitário e viram uma ambulância parar ao lado de dois guerrilheiros baleados, recolher as armas e deixar os corpos no chão.?Achamos um cara dentro de um saco de cereais na traseira de um caminhão?, aparentemente tentando alistar-se na revolta antiamericana centrada na cidade, disse o capitão da polícia do Exército Kurt Barclay. Blindados bloqueavam as ruas enquanto soldados revistavam carros, ônibus e caminhões carregados de comida, remédios, plasma de sangue e cobertores.Usando cães farejadores, soldados e policiais inspecionavam caminhões e porta-malas de automóveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.