Controlador-geral do país morre em Havana

Caracas anunciou ontem que o controlador-geral da república, Clodosbaldo Russián, morreu em Cuba - onde o presidente Hugo Chávez se recupera de uma cirurgia desde o dia 10. Aos 72 anos, Russián foi internado há dois meses, após sofrer um acidente vascular cerebral. Em maio, ele foi transferido para Havana para se recuperar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.