Controle da radiação ocorrerá por 30 anos

Tóquio anunciou ontem que planeja criar um fundo de 100 bilhões de ienes (quase R$ 2 bilhões) para melhorar o controle da radiação dos habitantes do entorno da usina nuclear de Fukushima, que espalhou radiação após ser danificada pelo terremoto seguido de tsunami de 11 de março. O plano determina revisões médicas periódicas em cerca de 2 milhões de moradores da região durante os próximos 30 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.