Convenção republicana começa com ataques a Kerry

Os líderes republicanos instalaram nesta segunda-feira a convenção partidária que confirmará a candidatura de George W. Bush à reeleição investindo contra o senador John Kerry, seu contendor na eleição de 2 de novembro, numa clara demonstração de preocupação com a posição vulnerável do presidente americano.Vários delegados traziam no braço um curativo com um coração de cor púrpura, numa contestação da legitimidade das três condecorações Coração Púrpura que Kerry recebeu por ter sido ferido na Guerra do Vietnã. O Partido Republicano afirmou não ter nada a ver com esses curativos, mas permitiu seu uso.Os ataques ao adversário democrata chamaram a atenção para as limitações que os conservadores enfrentam para formular e apresentar uma mensagem convincente a um país dividido, numa eleição que será antes de tudo um referendo sobre os quatro anos de Bush na Casa Branca. O primeiro dia da convenção também confirmou o esforço dos dirigentes republicanos para apresentar a face mais moderada e amena de um partido dominado hoje pela direita religiosa ? que é sua ala ideologicamente mais radical e garantiu a aprovação, nesta segunda, de uma plataforma que põe o partido firmemente contra o aborto legal e o casamento gay. No campo econômico, a plataforma defende tornar permanentes os cortes fiscais promovidos por Bush.Como parte do esforço para mostrar moderação, na primeira sessão da convenção, de manhã, discursaram representantes de minorias raciais numa proporção muito maior que sua representação no partido e no país. À noite, com uma platéia de 2.500 delegados e milhares de militantes conservadores, o horário nobre foi reservado ao senador John McCain e ao ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani, dois políticos centristas.McCain aproveitou para rebater as críticas feitas à Bush no filme Fahrenheit 9/11, chamando seu diretor, Michael Moore, que estava presente, de falso. O cineasta recebeu uma vaia sonora e respondeu fazendo um sinal de perdedor com a mão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.