Conversações sobre crise nuclear podem começar neste mês

Os ministros das Relações Exteriores da China e Japão se encontraram na manhã desta segunda-feira para tratar sobre as futuras conversações multilaterais à respeito da crise nuclear da Coréia do Norte. O ministro chinês Li Zhaoxing chegou ao Japão neste domingo para uma visita de quatro dias, que incluirá uma reunião com o primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi. Um funcionário do governo japonês adiantou que o primeiro encontro multilateral deve acontecer nos últimos dez dias de agosto, em Pequim, na China. Além da Coréia do Norte e Estados Unidos, China, Japão, Coréia do Sul e Rússia deverão participar do encontro.Após vários meses de tensão, iniciada em outubro do ano passado, o governo norte-coreano aceitou começar conversações multilaterais sobre a crise gerada com a reativação de seu programa nuclear. Até 15 dias atrás, a Coréia do Norte não aceitava tratar do assunto com outras nações a não ser com os Estados Unidos, país que acusa os norte-coreanos de fabricarem armas nucleares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.