Conversas sobre coalizão com Merkel podem ir até janeiro

Possíveis conversas sobre a formação de uma coalizão entre os partidos conservadores da chanceler alemã, Angela Merkel, e o Partido Social-Democrata (SPD, na sigla em alemão) podem ir até dezembro ou até mesmo janeiro, alertou hoje a secretária-geral do SPD, Andrea Nahles. A primeira reunião entre o grupo de Merkel e o SPD está marcada para sexta-feira, a partir das 8h (de Brasília).

AE, Agência Estado

30 Setembro 2013 | 10h21

A União Democrata Cristã (CDU), de Merkel, e a União Social Cristã (CSU) precisam de um parceiro de coalizão depois de ficarem a apenas cinco assentos da maioria parlamentar absoluta nas eleições nacionais do último dia 22.

Após o encontro, o SPD vai realizar uma convenção para decidir se dará início a negociações formais para a formação de um novo governo de coalizão.

A expectativa é que as conversas sejam difíceis em face das diferentes opiniões dos conservadores de Merkel e do SPD sobre questões relevantes como impostos e salário mínimo. Os social-democratas querem aumento de impostos para os ricos, uma proposta que sofre oposição dos partidos de Merkel.

O grupo de Merkel provavelmente vai se reunir também com representantes do Partido Verde na próxima semana para discutir a possibilidade de uma aliança, segundo o secretário-geral do CDU, Hermann Gröhe. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
alemanhapolítica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.