Convites para casamento do príncipe William são enviados

Cerimônia religiosa terá 1.900 convidados; além de políticos e monarcas, lista incluiria celebridades como o casal Beckham.

BBC Brasil, BBC

20 de fevereiro de 2011 | 09h54

Convites têm impressão em dourado sobre cartão branco

Cerca de 1.900 pessoas começaram a receber nos últimos dias seus convites para o casamento entre o príncipe William e Kate Middleton, no dia 29 de abril, segundo anunciou a família real.

Não foram divulgados oficialmente os nomes dos convidados para a cerimônia na Abadia de Westminster, mas a lista incluiria uma série de autoridades da Grã-Bretanha, líderes religiosos e de organizações, mandatários e monarcas estrangeiros e celebridades, como o casal David e Victoria Beckham.

Segundo o correspondente da BBC para assuntos reais Peter Hunt, indivíduos que tiveram contato com o príncipe William também estarão presentes, incluindo pessoas sem-teto e soldados feridos no Afeganistão e no Iraque.

Nem todos os convidados à cerimônia religiosa estarão também presentes na recepção no palácio de Buckingham, que terá cerca de 600 convidados. Apenas 300 permanecerão para um jantar íntimo e uma festa.

William e Kate se casarão no dia 29 de abril na abadia de Westminster

Os convidados começaram a receber seus convites nos últimos dias - um cartão branco com impressão dourada em envelope marrom. As iniciais da rainha Elizabeth 2ª, avó do príncipe, estão estampadas em dourado no cartão abaixo de uma coroa.

A lista de pessoas que estarão presentes para assistir ao casamento na abadia de Westminster refletiria a posição de William como segundo na linha para a sucessão ao trono britânico.

Ela incluiria mais de 200 membros do governo, parlamentares e diplomatas, além de 60 governadores-gerais e primeiros-ministros de países da Comunidade Britânica.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.