AFP PHOTO / ED JONES
AFP PHOTO / ED JONES

Coreia do Norte dialogaria com EUA 'sob condições apropriadas', diz diplomata

Comentário chega em momento de escalada de tensões na Península da Coreia

O Estado de S.Paulo

13 Maio 2017 | 03h13

SEUL - Uma diplomata sênior norte-coreano que tem relações com os Estados Unidos disse no sábado, 13, que Pyongyang dialogaria com os norte-americanos sob as condições forem apropriadas, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

Choe Son Hui, responsável pelos assuntos norte-americanos do Ministério das Relações Exteriores, comentou o tema com repórteres em Pequim. 

"Vamos dialogar se as condições estiverem lá", disse quando perguntada se a Coreia do Norte estava se preparpando para ter conversas com a gestão Trump, segundo a Yonhap.

Quando perguntada se o país prepararia uma conversa com o novo governo sul-coreano, Choe disse: "Veremos". 

Os comentários de Choe, uma veterana do time de negociações nucleares, chegam em meio aos esforços para pressionar a Coreia do Norte a reduzir a tensão sobre a busca do país por armas nucleares. 

O presidente norte-americano Donald Trump em abril disse que "um grande conflito" com a Coreia do Norte seria possível, mas que ele prefere a saída diplomática. Depois, disse que ficaria "honrado" em conhecer Kim Jong-un, sob as condições corretas.

O país conduziu cinco testes nucleares em desafio à Organização das Nações Unidas e às sanções dos Estados Unidos e continua desenvolvendo mísseis de longa distância para carregar armas atômicas. Pyongyand diz que precisa de tais armamentos para se defender das agressões norte-americanas. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.