Coréia do Norte aceita diálogo com Seul

A Coréia do Norte aceitou dialogar com seu vizinho do sul - uma medida que pode atenuar a tensão criada pela decisão norte-coreana de reativar seu programa de armas nucleares.Pyongyang informou desejar que as conversações ocorram entre 21 e 24 de janeiro, uma semana após a data proposta pela Coréia do Sul, informou o ministério sul-coreano da unificação.A Coréia do Norte não explicou o motivo pelo qual sugeriu o adiamento, mas especula-se que o regime comunista queira primeiro analisar o que acontecerá durante a visita de um diplomata norte-americano de alto nível, na próxima semana.A Coréia do Sul sediará a conferência e informou que a disputa nuclear estará na pauta de discussões. Esta será a nona rodada de conversações desde a histórica cúpula dos líderes das duas Coréias, em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.