Coréia do Norte aceita reunião multilateral sobre armas

A Coréia do Norte informa que aceitou participar de uma rodada de negociações entre seis países a partir de 25 de fevereiro, gerando expectativas de que as nações discutirão uma oferta norte-coreana de suspender seu programa de armas nucleares em troca de concessões por parte dos Estados Unidos.O anúncio representa um avanço depois de meses de tentativas de retomada de negociações envolvendo as Coréias do Sul e do Norte, a China, os Estados Unidos, o Japão e a Rússia. Uma rodada anterior com o objetivo de persuadir Pyongyang a abdicar de seu programa nuclear bélico terminou em agosto de 2003, sem muitos progressos.Horas depois de a agência estatal norte-coreana de notícias KCNA ter informado que o governo comunista aceitara retornar à mesa de negociações, Zhang Qiyue, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, anunciou que Pequim sediaria o encontro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.