Coréia do Norte acusa EUA de intensificar exercícios aéreos

Manobras militares acontecem na Coréia do Sul e visam ataques preventivos contra território norte-coreano

Efe,

26 de outubro de 2007 | 04h07

A Coréia do Norte acusou nesta sexta-feira, 26, os Estados Unidos de intensificar suas manobras militares aéreas sobre o território da Coréia do Sul, informou a agência sul-coreana Yonhap. "Esses exercícios frenéticos de combate aéreo brincam com fogo, com o objetivo de lançar ataques preventivos contra postos principais de nossa república", acusou a Agência Central de Notícias norte-coreana ("KCNA", oficial), citada pela Yonhap. Trata-se de "um desafio sério", de acordo com a mesma fonte. Segundo a KCNA, vários caças de combate F-16 e A-10, da sétima divisão da Força Aérea dos EUA, realizaram nesta terça-feira e quinta-feira exercícios sobre três províncias da Coréia do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
Coréia do NorteEUACoréia do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.