Coréia do Norte ameaça adotar medidas de emergência

A Coréia do Norte advertiu neste domingo que adotará "medidas de emergência" se os Estados Unidos não renunciarem à "sua política hostil" com relação ao país comunista.A advertência veio à tona uma hora depois de o presidente da Coréia do Sul, Roh Moo-hyun, ter embarcado rumo a Washington para conversar com seu colega americano, George W. Bush, sobre acrise nuclear na península coreana."Se os Estados Unidos não renunciarem à sua política hostil com relação à Coréia do Norte e tentarem resolver a questão nuclear por meio do uso da força, não poderemos fazer nada além deadotar medidas de emergência", publicou em editorial o jornal oficial do governo norte-coreano, Rodong Sinmun, citadopela agência de notícias Yonhap.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.