Coreia do Norte anuncia desenvolvimento de fusão nuclear

Notícia foi publicada com grande destaque pela imprensa do país, que não cita eventual utilização militar

Efe

12 de maio de 2010 | 01h58

A Coreia do Norte anunciou nesta quarta-feira, 12, que conseguiu com sucesso desenvolver fusão nuclear, um "ponto de inflexão" na criação de uma nova fonte energética, segundo o jornal norte-coreano Rodong Sinmun citado pela agência oficial de notícias local KCNA.

 

Em sua primeira página, o jornal confirma que o "êxito da fusão nuclear é um grande acontecimento que demonstra a alta tecnologia que está progredindo na Coreia do Norte", apesar da comunidade internacional se opor ao desenvolvimento nuclear do regime de Kim Jong-il pela possibilidade de sua utilização para armamento.

 

O Rodong Sinmun, jornal do partido dos trabalhadores norte-coreano, diz, além disso, que a tecnologia de fusão nuclear foi desenvolvida por cientistas norte-coreanos depois que os próprios solucionaram os problemas que apareceram durante o processo.

 

O anúncio norte-coreano chega em meio à estagnação das negociações de seis lados sobre o desarmamento nuclear do regime comunista, paralisadas desde o fim de 2008 por iniciativa de Pyongyang e das quais participam as duas Coreias, China, Estados Unidos, Japão e Rússia.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do Nortefusão nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.