AFP PHOTO / YONHAP
AFP PHOTO / YONHAP

Coreia do Norte cancelou reunião com vice americano no 'último minuto'

Mike Pence deveria se reunir na Coreia do Sul com a irmã de Kim Jong-un durante Jogos de Inverno

O Estado de S.Paulo

20 Fevereiro 2018 | 23h35

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos afirmou nesta terça-feira que a Coreia do Norte cancelou "no último minuto" uma reunião marcada com o vice-presidente americano, Mike Pence, durante os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, na Coreia do Sul.

"No último minuto, os funcionários norte-coreanos decidiram não comparecer à reunião. Lamentamos que não tenham aproveitado esta oportunidade", disse em comunicado a porta-voz do Departamento de Estado americano, Heather Nauert.

O comunicado de Nauert foi divulgado depois que o jornal The Washington Post publicou com exclusividade a informação sobre a reunião cancelada.

Segundo o jornal americano, Pence deveria reunir-se no último dia 10 de fevereiro com Kim Yo-jong, a irmã do líder norte-coreano, Kim Jong-un, e com o chefe de Estado da Coreia do Norte, Kim Yong-nam.

Ambos estavam na Coreia do Sul representando a delegação norte-coreana nos Jogos Olímpicos de PyeongChang.

No entanto, os representantes norte-coreanos teriam cancelado o encontro com duas horas de antecipação porque, em seu ponto de vista, Pence utilizou a viagem à Coreia do Sul para anunciar as sanções "mais duras e agressivas" contra Pyongyang.

De acordo com Nauert, "o vice-presidente estava pronto para aproveitar esta oportunidade para fazer compreender a necessidade de que a Coreia do Norte abandone seus programas nucleares e de mísseis balísticos ilícitos".

"Não permitiremos que a Coreia do Norte aproveite sua presença nos Jogos Olímpicos de Inverno para ocultar a verdadeira natureza do regime", destacou a porta-voz. / EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.