Coréia do Norte condena lançamento de satélites espiões japoneses

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coréia do Norte declarou nesta sexta-feira que o lançamento dos satélites espiões por parte do Japão foi considerado como ?ato hostil? e poderá acelerar uma corrida armamentista na região. Segundo o porta-voz, o lançamento dos satélites viola a declaração assinada no ano passado pelos líderes dos dois países, que se comprometeram em estreitar seus laços. Na manhã desta sexta, o Japão lançou dois satélites espiões, os primeiros na história do país história. Com isso, o governo japonês poderá monitorar os vizinhos norte-coreanos, que nos últimos meses fez testes com vários mísseis e reativou seu programa nuclear. O programa de espionagem japonês, com um orçamento de US$ 2 bilhões, lançará outros dois satélites em breve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.