Coreia do Norte conseguiu colocar satélite em órbita

De acordo com a agência de notícias do Japão Kyodo, a Coreia do Norte informou que o lançamento do foguete de longo alcance ocorrido na manhã desta quarta-feira, no horário local, foi um sucesso, conseguindo colocar o satélite em órbita.

EQUIPE AE, Agência Estado

12 de dezembro de 2012 | 00h57

Pouco depois do lançamento do foguete de múltiplos estágios, o governo do Japão havia informado que pedaços do foguete norte-coreano haviam caído a cerca de 200 quilômetros a oeste da Península Coreana e a leste das Filipinas, às 22h58 de terça-feira, no horário de Brasília.

O secretário-geral do Gabinete japonês, Osamu Fujimura, pediu à população que continue levando a vida normalmente. Apesar disso, ele protestou contra o lançamento do foguete, dizendo que isso foi algo "lastimável".

O Reino Unido também lamentou o lançamento do foguete de longo alcance feito pela Coreia do Norte, e prometeu convocar o embaixador do país asiático para prestar esclarecimentos. "Eu condeno veementemente o lançamento do satélite DPRK", disse o secretário das Relações Exteriores, William Hague.

"Eu acho deplorável o fato de a Coreia do Norte priorizar o lançamento desse foguete em detrimento da melhoria da qualidade de vida de seu povo", afirmou o secretário. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do Nortelançamentofoguete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.