Coréia do Norte critica discussão nuclear no CS da ONU

A Coréia do Norte disse que a decisão da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) de enviar a questão do programa nuclear do país ao Conselho de Segurança das Nações Unidas trata-se de "interferência nos assuntos internos". A agência de notícias oficial do país chamou a AIEA de "cãozinho de estimação da América". A agência de notícias afirmou ainda que a Coréia do Norte não tem obrigação legal com a AIEA, porque deixou de participar do acordo internacional de não-proliferação nuclear em janeiro. A agência oficial coreana disse também que a AIEA deveria investigar "o comportamento ilegal dos EUA, o qual provocou uma crise nuclear na península coreana".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.