KCNA / KNS / AFP
KCNA / KNS / AFP

Coreia do Norte dispara mais dois projéteis

Líder norte-coreano enviou carta a Trump dizendo que disparos são em resposta a exercícios militares entre EUA e Coreia do Sul

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2019 | 19h33

 SEUL - A Coreia do Norte disparou neste sábado (noite de sexta-feira em Brasília) dois projéteis não identificados em direção ao Mar do Leste (ou Mar do Japão), anunciou a agência sul-coreana Yonhap. O governo de Pyongyang havia alertado contra os exercícios militares conjuntos iniciados na segunda-feira entre os EUA e a Coreia do Sul.

De acordo com a agência, os novos projéteis foram lançados das imediações da cidade de Hamhung (noreste). "O Exército está supervisionando a situação para o caso de disparos adicionais", informou o Estado-Maior sul-coreano citado pela agência.

No dia 5, a Coreia do Norte disparou dois projéteis da Província de Hwanghae Sul em direção ao mar. O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou no dia 6 que os últimos lançamentos de mísseis da Coreia do Norte são uma advertência a Washington e Seul.

Ainda nesta sexta-feira, O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que  recebeu uma carta do líder norte-coreano na qual ele diz "não estar contente com os exercícios militares" entre Seul e Washington. 

O presidente americano também abriu as portas para um possível novo encontro com o ditador. "Acredito que teremos outro encontro", limitou-se a dizer.

Como fez até o momento, o chefe de governo dos EUA voltou a minimizar a importância dos testes armamentísticos da Coreia do Norte, pois considera que não infringem os compromissos firmados. / AFP    

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.