Coreia do Norte diz que base militar no Japão seria alvo

A Coreia do Norte afirmou neste domingo que as bases militares dos Estados Unidos no Japão estariam sujeitas a ataques se uma guerra irrompesse na península coreana, segundo informou uma agência de notícias japonesa Kyodo. O jornal Rodong Sinmum, do Partido dos Trabalhadores da Coreia, cita as bases americanas de Misawa, Yokosuka e Okinawa.

Agência Estado

31 de março de 2013 | 09h05

A ameaça veio um dia depois de a Coreia do Norte dizer que entrou em "estado de guerra" com a Coreia do Sul, dando alerta de uma "guerra total" ou uma "guerra nuclear" caso a Coreia do Sul e os Estados Unidos se lancem a atividades militares contra a ilha do Norte.

A agência Kyodo informou ainda que o governo em Pyongyang também mantém a retórica contra Tóquio, que, juntamente com Seul e Washington, condenaram a Coreia do Norte por testes com foguetes em dezembro, e o terceiro teste nuclear em fevereiro. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
guerraCoréia do Nortenuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.