Andrew Harnik/ Reuters
Andrew Harnik/ Reuters

Coreia do Norte diz que desnuclearização pode fracassar após conversas com EUA

Declaração foi dada em resposta a insistência dos norte-americanos em exigir desnuclearização unilateral

O Estado de S.Paulo

07 Julho 2018 | 14h06

SEUL - A Coreia do Norte afirmou neste sábado, 7, que a decisão "firme" de desistir de seus programas nucleares pode fracassar depois que os Estados Unidos exigiram a desnuclearização unilateral, durante dois dias de negociações em Pyongyang, informou a mídia estatal.

+Mike Pompeo chega a Pyongyang para tratar de desnuclearização

A agência de notícias oficial da Coreia do Norte, a KCNA, disse que o resultado das negociações com a delegação liderada pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, foi "extremamente preocupante", acusando-a de insistir na desnuclearização completa, verificável e irreversível.

O "caminho mais rápido" para alcançar uma península coreana livre de armas nucleares seria por meio de uma abordagem gradual em que ambos os lados tomassem medidas ao mesmo tempo, disse a KCNA em um comunicado citando um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores.

+ EUA dizem que suspensão de manobras é uma chance para dialogar com Pyongyang

O líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente dos EUA, Donald Trump, assinaram em Cingapura, no dia 12 de junho, uma declaração onde o regime norte-coreano se comprometeu em trabalhar pela "desnuclearização total" se Washington garantir sua sobrevivência, embora no documento não apresente mais detalhes. 

As reuniões entre Pompeo e autoridades norte-coreanas são as primeiras conversas de alto nível desde a cúpula de Cingapura./ Com informações da Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.