AFP PHOTO / NICHOLAS KAMM
AFP PHOTO / NICHOLAS KAMM

Coreia do Norte diz que Trump é 'desprovido de razão' e promete atacar Guam em 'meados de agosto'

'O diálogo sadio não é possível com um sujeito sem razão e apenas uma força absoluta pode funcionar com ele', afirmou  o serviço oficial de notícias KCNA

O Estado de S.Paulo

09 Agosto 2017 | 19h59

A Coreia do Norte afirmou nesta quinta-feira, 10 (horário local, noite de quarta-feira no Brasil), que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é "desprovido de razão", informou a agência estatal, KCNA, em meio à escalada de Washington com Pyongyang sobre o programa nuclear do norte-coreano.

Trump surpreendeu esta semana com sua mensagem para Kim Jong-un, dizendo que seu país enfrentaria com "fogo e fúria" qualquer ameaça norte-coreana. Pyongyang disse mais tarde que estava considerando um ataque de mísseis perto das bases militares dos EUA em Guam, ilha no Pacífico.

"O diálogo sadio não é possível com um sujeito sem razão e apenas uma força absoluta pode funcionar com ele", afirmou  o serviço oficial de notícias KCNA citando o general Kim Rak Gyom, do exército popular coreano, na manhã de quinta-feira.

Apesar das recentes ameaças dos EUA, a Coreia do Norte afirmou que o plano de lançar mísseis no território de Guam, que é administrado por Washington, continua em vigor e será executado até o meio de agosto, segundo o general, que comanda as forças estratégicas do regime de Kim Jong-un.

"Nossas forças estratégicas estão bastante determinados a demonstrar, sem receios, a todo o mundo o nosso poder, que foi fortalecido pelas forças armadas nucleares, por meio de ações militares contra as bases agressoras do império ianque", disse o general norte-coreano. 

Ele comentou que os mísseis a serem lançados sobrevoarão Shimane, Hiroshima e Kochi, no Japão, durante cerca de 17 minutos e chegarão a zonas marítimas nas proximidades de Guam. / AFP e Estadão Conteúdo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.