Coreia do Norte e do Sul retomam encontros familiares

A Coreia do Norte informou neste domingo que aceitou a oferta da Coreia do Sul na semana passada para negociar a retomada de encontros de famílias separadas pela guerra entre os dois países. Os encontros foram suspensos em 2010, depois de dois ataques militares feitos pela Coreia do Norte que matou 50 sul coreanos. Na semana passada, os dois países concordaram em reabrir o complexo industrial que têm em comum e que havia sido fechado em abril.

LUCIANA ANTONELLO XAVIER, Agência Estado

18 de agosto de 2013 | 12h02

A aceitação da Coreia do Norte, no entanto, veio com uma significativa contra-proposta de que as negociações sejam feitas no resort Mount Kumgang, na Coreia do Norte, assim como os encontros familiares. Os dois lados informaram que as reuniões ocorrerão no feriado de "Chuseok", no fim de setembro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreiasacordoresort Mount Kumgang

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.