Coreia do Norte está disposta a cooperar com ONU

A Coreia do Norte diz que está disposta a cooperar com as Nações Unidas (ONU) e outras organizações mundiais de direitos humanos, mas declarou que vê como "política" questões apontadas pelos Estados Unidos.

Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2014 | 19h29

Em fevereiro, um inquérito da ONU concluiu que há evidências de crimes contra a humanidade praticados pelas autoridades norte-coreanas. Nessa semana, Washington pediu que Pyongyang acabe com seu sistema de campos de prisioneiros.

O ministro das relações exteriores, Ri Su Yong, não abordou diretamente o resultado do inquérito, no qual Pyongyang se recusou a cooperar, mas acusou os Estados Unidos de "abusar" das causas dos direitos humanos para fins políticos.

Ele enfatizou no sábado, em assembleia geral da ONU, que a Coreia do Norte está disposta a cooperar com países que não são "hostis". Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Coreia do NorteEUAONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.