Coréia do Norte fala em "centenas de mortos" em explosão

A Coréia do Norte estima em várias centenas o número de mortos na explosão de um trem no norte do país, perto da fronteira com a China. O governo norte-coreano fala ainda em milhares de feridos e milhares de edificações danificadas ou destruídas. Quebrando uma tradição de isolamento da comunidade internacional, a Coréia do Norte pediu ajuda do exterior e disse que permitirá a presença de ajuda humanitária internacional no local do desastre.O governo norte-coreano disse que a explosão ocorreu quando um trem carregado de dinamite tocou uma linha elétrica, segundo Chris Wardle, funcionário do grupo humanitário irlandês Concern. O embaixador britânico em Pyongyang foi informado, por autoridades norte-coreanas, que ?várias centenas? de pessoas podem estar mortas, vários milhares, feridas e que ?inúmeras pessoas podem estar presas nos prédios que desmoronaram?, segundo a chancelaria britânica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.