Ahn Young-joon/AP Photo
Ahn Young-joon/AP Photo

Coreia do Norte faz teste com lançador de foguetes

Prova ocorre no mesmo dia em que secretário de Estado americano encerra visita à Ásia

O Estado de S.Paulo

19 de março de 2017 | 04h04

SEUL - O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, supervisionou neste sábado, 18, uma prova em terra de um lançador de foguetes e afirmou que abre "uma nova era" na tecnologia de seu país, informou a mídia estatal.

Em plena escalada da tensão na península da Coreia, Kim Jong-un visitou a base de Sohae, no noroeste do país, para comprovar a eficácia da última tecnologia desenvolvida pela Academia Nacional de Ciência da Defesa, disse a agência estatal KCNA.

O líder norte-coreano disse que o êxito da prova "marca um evento de significância histórica" e declarou que "uma nova era para a indústria Juche de foguetes". A ideologia Juche é a oficial do Partido dos Trabalhadores da Coreia e prega a autossuficiência industrial e de serviços para garantir a soberania do país.

Além disso, Kim Jong-un afirmou que o mundo "contemplará em breve o significado da vitória alcançada hoje".

Pyongyang difundiu esta informação no mesmo dia em que o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, concluiu a visita à Ásia, em um encontro com líderes chineses. Na véspera, o chefe da diplomacia dos Estados Unidos se comprometeu a fazer "todo o possível" para evitar que um conflito militar tenha início na península coreana.

A última prova de armas da Coreia do Norte ocorreu em 6 de março, quando o Exército disparou quatro mísseis de meio alcance contra águas japonesas.

O lançamento pretendia ser uma resposta ao que Pyongyang considera uma provocação e um ensaio para invadir seu território: as manobras militares que a Coreia do Norte e os Estados Unidos fazem anualmente entre fevereiro e março em território sul-coreano. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.