Coréia do Norte ignora advertências sobre programa nuclear

A Coréia do Norte ignorou hoje as advertências da comunidade internacional sobre sua decisão de reativar uma usina nuclear, fechada há oito anos; acusou os EUA de pirataria por ter capturado esta semana um carregamento de mísseis norte-coreanos destinado ao Iêmen e exigiu desculpas. Segundo Pyongyang, o navio interceptado e depois liberado transportava mísseis que iam ser entregues ao Iêmen com base em "um acordo comercial legal". EUA e a Coréia do Sul intensificaram hoje sua pressão sobre o governo de Pyongyang, para obter uma solução pacífica para a crise.

Agencia Estado,

13 Dezembro 2002 | 18h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.