Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
AP Photo/Wong Maye
AP Photo/Wong Maye

Coreia do Norte ignora proposta de Seul para reunião militar

Especialistas acreditam que governo de Kim Jong-un pode apresentar contraproposta em troca de concessões

AP, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2017 | 02h53

SEUL - O governo da Coreia do Sul insiste para que a Coreia do Norte aceite suas ofertas de diálogo, enquanto o governo de Pyongyang continua a ignorar a proposta. O objetivo seria realizar uma reunião militar para diminuir as animosidades ao longo da fronteira.

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul ressaltou que vem sendo difícil marcar um encontro com representantes da vizinha do Norte e voltou a pedir para que o país "aceite rapidamente" a abertura para o diálogo. 

Os norte-coreanos ainda têm de responder oficialmente à proposta do sul para realizar a reunião militar e um outro encontro marcado para o próximo mês para retomar as reuniões temporárias de familiares separados pela Guerra da Coreia.

Alguns especialistas acreditam que Pyongyang está avaliando as opções e que é possível que o governo de Kim Jong-un apresente uma contraproposta por mais concessões do Sul, em troca do diálogo aberto. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NorteKim Jong-un

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.