Coreia do Norte inaugura nova base de lançamento de mísseis

Instalação é três vezes maior do que a utilizada em abril para teste de projétil capaz de atingir o leste dos EUA

Efe,

26 de outubro de 2009 | 10h42

A Coreia do Norte concluiu a construção de uma nova base de lançamento de mísseis, mais sofisticada e de maiores proporções, a partir da qual tem condições de disparar projéteis intercontinentais, informou nesta segunda-feira, 27, a agência Yonhap.

 

Fontes oficiais disseram à Yonhap que a base de Dongchang-ri é três vezes maior que a de Musudan-ri, a partir de onde a Coreia do Norte lançou em abril um foguete intercontinental, o que foi condenado pela ONU.

 

Para os governos dos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão, o regime comunista de Pyongyang provou com o lançamento de mísseis Taepodong-2 que tem capacidade de atingir, com um alcance de 3 mil quilômetros, a costa ocidental dos EUA.

 

Dongchang-ri fica a 200 quilômetros ao oeste de Pyongyang e a 70 quilômetros da usina nuclear de Yongbyon, que o regime comunista afirma estar reativando após ter iniciado em 2007 sua desativação.

 

Conforme as autoridades oficiais, a conclusão da nova base representa um avanço no desenvolvimento do programa de mísseis balísticos.

 

Da nova base podem ser lançados mísseis intercontinentais com um alcance de 5 mil quilômetros, segundo a Yonhap.

 

Durante o ano, a Coreia do Norte lançou mísseis de curto alcance a partir da base de Musudan-ri, na província setentrional de Hamgyeong. Os últimos projéteis foram lançados em outubro durante manobras militares de rotina.

Tudo o que sabemos sobre:
coreia do nortemísseislançamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.