Coréia do Norte lança vários mísseis de curto alcance

Lançamento acontece quando o processo de desnuclearização norte-coreano está parado há três meses

Efe,

28 de março de 2008 | 00h23

A Coréia do Norte lançou nesta sexta-feira, 28, às 10h30 (22h30 de quinta-feira em Brasília), vários mísseis de curto alcance em direção ao Mar Ocidental da península, informou a agência sul-coreana Yonhap.   Um porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano disse à Agência Efe que se encontra em pleno processo de investigação da veracidade da notícia.   A Yonhap informou, sem especificar sua fonte, que os mísseis lançados são, aparentemente, projéteis Styx de fabricação russa, embora não tenha precisado o número.   A agência sul-coreana também afirmou que, segundo fontes militares, entre 25 e 26 de março a Coréia do Norte proibiu a circulação de navios civis para preparar o lançamento de mísseis, mas não disparou nenhum projétil.   Nesta mesma manhã, o Ministério de Relações Exteriores norte-coreano assinalou que os atrasos dos EUA para resolver a disputa nuclear afetarão "gravemente" o processo de desnuclearização.   O lançamento destes mísseis de curto alcance acontece quando o processo de desnuclearização norte-coreano está parado há três meses e as relações intercoreanas estão se deteriorando.   A agência Yonhap informou que o Ministério norte-coreano de Relções Exteriores expressou nesta sexta-feira sua decepção com a atitude do Governo americano para resolver o conflito nuclear.   A Coréia do Norte se comprometeu com seu vizinho do sul, Rússia, China, Japão e EUA a desmantelar todo o seu arsenal nuclear e entregar um inventário de todo o seu potencial atômico para o final de 2007, o que ainda não aconteceu.   O último lançamento deste tipo ocorreu em junho do ano passado, quando Pyongyang lançou vários mísseis de aproximadamente 100 quilômetros de alcance, o que a Coréia do Sul considerou parte de manobras militares freqüentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.