Coreia do Norte não aceitará inspetores atômicos

A Coreia do Norte decidiu que não aceitará mais que inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) verifiquem seu programa nuclear, informou nesta terça-feira a agência de notícias japonesa Kyodo, citando fontes diplomáticas.

AE, Agência Estado

17 de abril de 2012 | 02h59

Segundo a agência, Pyongyang suspendeu a autorização em resposta à decisão de Washington de cancelar a ajuda alimentar ao país, anunciada depois que o governo sul-coreano lançou um foguete de longo alcance na última sexta-feira. O artefato explodiu um minuto após o lançamento.

O retorno dos inspetores fora aceito pela Coreia do Norte em fevereiro, como parte de um acordo com os Estados Unidos que previa ajuda alimentar em troca da suspensão do programa de enriquecimento de urânio e do lançamento de mísseis. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NorteAIEA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.