Coréia do Norte planeja retomar desarmamento nuclear

A Coréia do Norte planejava hoje retomar o desmantelamento de seu programa nuclear pela primeira vez em dois meses. No sábado, os Estados Unidos retiraram o regime comunista de uma lista de nações promotoras do terrorismo, em troca de um pacto pelo desarmamento norte-coreano.Pyongyang avisou a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que retomaria o desmantelamento do reator nuclear de Yongbyon e permitiria aos inspetores internacionais que retomem suas atividades. Os planos foram detalhados em um documento confidencial enviado pelo país à AIEA, obtido pela agência de notícias Associated Press.Outras medidas de segurança, como a instalação de câmeras, também seriam retomadas. A Coréia do Norte e os Estados Unidos anunciaram um acordo sobre a verificação após a viagem do enviado norte-americano Christopher Hill a Pyongyang para negociações. A ONU saudou o avanço. O Japão reiterou que apenas participará da ajuda ao país após a resolução do tema dos seqüestros de cidadãos japoneses realizados por agentes norte-coreanos, na década de 1970 e 1980.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.